Pesquisar este blog

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

VERBO PERDOAR


Qual é o correto: “Perdoai as nossas ofensas”, ou “Perdoai-nos as nossas ofensas”, uma vez que, no verbo perdoar, perdoa-se alguma coisa ou a alguém?
RESPOSTA:
O verbo perdoar seleciona três argumentos: o sujeito (quem perdoa), o objeto direto (o que se perdoa) e o objeto indireto (a quem se perdoa).
Na segunda frase — perdoai-nos as nossas ofensas — ambos os complementos verbais estão presentes:
— Objeto direto — as nossas ofensas;
— Objeto indireto — nos
Na primeira frase — “perdoai as nossas ofensas” — a omissão do complemento indireto é validada pela presença do possessivo nossas, que nos dá essa informação (perdoai as nossas ofensas = perdoai as ofensas a nós).
Por conseguinte, ambas as frases são corretas.

Gostaria de acrescentar o seguinte:
A função adnominal de “as nossas” é a de “determinar” o substantivo “ofensas”. A gramática tradicional diz que a presença do artigo antes dos pronomes possessivos é opcional.
Pergunto: há realmente necessidade de se usar dois determinantes para o mesmo nome (substantivo)?
Sempre que escrevo, evito usar superabundância de elementos textuais. Dizem os entendidos, e concordo com eles, que uma das tarefas mais difíceis para quem escreve é “cortar” o desnecessário.