Pesquisar este blog

quinta-feira, 13 de março de 2014

CONSIGO / CONTIGO

Devo dizer “Preciso falar consigo” ou “Preciso falar contigo”?

Embora eu já tenha visto o uso do “consigo” não reflexivo em jornais e revistas portugueses, a Gramática Normativa recomenda seu emprego apenas quando houver reflexividade.

a)      Pensou consigo mesmo.
b)     Levava consigo a alma atribulada e desvairada pela paixão.

Quando não houver a reflexividade e o pronome referir-se à pessoa com quem se fala (normalmente a 2ª), deve-se usar “contigo”.

    a)      Falo contigo amanhã.
    b)     A verdade é que deixaram contigo a responsabilidade de julgar.