Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de julho de 2012

CERTEZA DE QUÊ?

Na frase “Eu tenho certeza que o tribunal reverá a decisão”, há algum erro?

Existem dois complementos que devem ser obrigatoriamente regidos de preposição:

a) O objeto indireto, que complementa o sentido dos verbos transitivos indiretos e bi-transitivos, como em
           · Dei (verbo TDI) algum dinheiro ao mendigo.
           · Pagou (verbo TDI) a conta ao açougueiro.
           · Precisava (verbo TI) de dinheiro.
           · O projeto visava (verbo TI) a nossos interesses.
           · Não assiste (verbo TI) a ele o direito de reclamar.

b) O complemento nominal, que complementa o sentido dos nomes transitivos, como em

           · Eu tenho certeza (nome transitivo) de que você errou.
           · Temos orgulho (nome transitivo) de nossos atletas.
           · Os eleitores estão perplexos (nome transitivo) com suas opções.
           · A justiça pronunciou-se favoravelmente (nome transitivo) aos réus.

A frase correta, portanto, é “Eu tenho certeza de que o tribunal reverá a decisão”.